Shopping: Amazon AliExpress Blue Monday
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Notícias

13/08/2004 10:16
Daiane dos Santos levanta o público em Atenas no treino de pódio
Da Redação
A ginasta brasileira Daiane dos Santos provou que está bem, e pronta para brigar por uma medalha nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, durante o treino de pódio realizado nesta quinta-feira (12/08).

Em sua apresentação, bastante aplaudida pelo público presente, ao som de "Brasileirinho", a ginasta executou o Duplo Twist Carpado, guardando o Duplo Twist Estendido para a final. A atual campeã mundial do solo ainda sente dores no joelho direito recém-operado e passou a semana fazendo fisioterapia. "Dor eu vou sentir, é normal. E, às vezes, sinto uma instabilidade no joelho, o que também é normal. Ultimamente não tenho mancado, pois tenho feito bastante fisioterapia, com trabalho de flexibilização e extensão, que ajudou na minha recuperação. Deu para ver que eu e o Brasil estamos bem", comentou Daiane.

A presença da torcida brasileira no Olympic Indoor Hall a deixou contente. "Fiquei feliz por ver que há muitos brasileiros aqui. É muito bom ter a torcida a seu favor", disse Daiane, que negou qualquer nervosismo. "Tenho que continuar treinando como venho fazendo. Agora não tem mais nada a fazer. Não estou nervosa, não. Quero estar no domingo como estive hoje (quinta-feira). Nem muito elétrica, nem muito apática".

Lado a lado com as brasileiras, revezando nos quatro aparelhos (trave, salto, paralelas assimétricas e solo), estavam as seleções da França e Espanha, além de um combinado de ginastas de outros países. Bem pertinho de Daiane treinava a espanhola Elena Gomez, vice-campeã mundial no solo e apontada como uma das principais adversárias da brasileira. Elena mostrou respeito e admiração ao falar sobre a disputa com a brasileira no solo. "Ela é uma boa ginasta, uma boa pessoa, que veio muito bem treinada. É muito difícil vencê-la, mas vim preparada para tentar isso. Existem muitas ginastas do mesmo nível, inclusive a romena Catalina Ponor", lembrou a atleta espanhola.

No treino de pódio foi possível saber qual será a formação da equipe brasileira para a eliminatória do dia 15 de agosto. O Brasil disputa com outros 11 países as oito vagas na final, a ser realizada no dia 17. Pelo regulamento, na competição por equipes, cada país pode disputar cada aparelho com cinco de suas seis ginastas. Na trave se apresentaram Daniele Hypólito, Caroline Molinari, Camila Comin, Laís Souza e Ana Paula Rodrigues. No solo, Daiane dos Santos entrou no lugar de Caroline, mesma formação das assimétricas. Por último, no salto Caroline Molinari entrou na vaga de Camila Comin.


Ajude-nos a seguir com nosso trabalho de 20 anos. Você pode doar qualquer valor de forma pontual ou recorrente. Veja as opções a seguir:

Doar