DATABASE
PT         +

Notícias

25/05/2004 23:00
Gustavo Kuerten vence partida dramática na estréia em Roland Garros
Da Redação
O brasileiro Gustavo Kuerten mostrou grande superação nesta terça-feira em sua partida de estréia em Roland Garros, o segundo torneio de Grand Slam da temporada. O brasileiro enfrentou o espanhol Nicolas Almagro e venceu os primeiros dois sets por 7-5 e 7-6 (7-2).

Mas como já vem acontecendo com freqüência com Guga em partidas longas, o brasileiro voltou a sentir a contusão no quadril e precisou de atendimento do fisioterapeuta no início do terceiro set. Visivelmente sem condições físicas, o brasileiro perdeu o terceiro set rapidamente por 6-1. Guga foi novamente atendido no quarto set, mas sem conseguir se movimentar virou presa fácil do espanhol, que fez 6-3 e empatou a partida em 2 sets a 2.

Kuerten melhorou no quinto e decisivo set, quebrando o saque de Almagro e abrindo 3-0. Mas o espanhol reagiu e empatou em 3-3. O jogo seguiu então bastante equilibrado. Almagro quebrou o saque de Guga no nono game e sacou para fechar a partida no 5-4. Kuerten reagiu e devolveu a quebra. Após manter seu serviço, Guga conseguiu mais uma quebra e fechou o set em 7-5, vencendo a difícil partida por 3 sets a 2 em 3 horas e 7 minutos.

O próximo adversário do brasileiro será o belga Gilles Elseneer. Os outros dois brasileiros em Roland Garros não passaram da primeira rodada. Flavio Saretta foi eliminado pelo espanhol Albert Costa por 3 sets a 1, com parciais de 6-2, 6-2, 6-7 (2-7) e 6-4. Ricardo Mello caiu diante do holandês Raemon Sluiter também por 3 a 1, com 7-5, 6-1, 3-6 e 6-1.

Os franceses Arnaud Clement e Fabrice Santoro entraram para a história ao disputarem a partida de tênis mais longa já disputada. A partida que começou na segunda-feira e foi interrompida por falta de iluminação natural prosseguiu nesta terça-feira, terminando com vitória de Santoro por 3 sets a 2 após 6 horas e 35 minutos, com parciais de 6-4, 6-3, 6-7 (5-7), 3-6 e 16-14. Em Roland Garros não há tie break no set decisivo, o que levou os franceses a disputarem 30 games em 2 horas e 52 minutos de quinto set.