Shopping: Amazon AliExpress Blue Monday
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

Notícias

20/06/2004 18:27
Nova dobradinha da Ferrari com vitória de Schumacher em Indianápolis
Da Redação
O alemão Michael Schumacher liderou neste domingo em Indianápolis, nos Estados Unidos, mais uma dobradinha da Ferrari no Campeonato Mundial de Fórmula 1 2004. Schumacher vence o acidentado GP dos Estados Unidos com o brasileiro Rubens Barrichello em segundo, completando a sexta dobradinha da Ferrari no ano, a terceira seguida.

Barrichello largou na pole position com Schumacher em segundo. Na primeira curva, uma confusão que tirou quatro carros da prova, incluindo a Sauber do brasileiro Felipe Massa, provocou a entrada do safety car na pista. Na relargada, Schumacher deu o bote e tomou a liderança da prova, deixando Barrichello em segundo.

Na sétima volta, o pneu traseiro da Renault de Fernando Alonso estourou no final da grande reta de Indianápolis e o espanhol bateu no muro, abandonando a prova. Logo em seguida, foi a vez da Williams do alemão Ralf Schumacher perder o controle na entrada da reta e bater forte no muro, provocando novamente a entrada do safety car na pista. A equipe de resgate demorou muito para tirar o alemão do carro, mas não houve nada grave.

Imediatamente após o acidente, quase todos entraram nos boxes para fazer a primeira parada. Schumacher e Barrichello entraram juntos e o brasileiro teve que esperar o alemão sair para fazer seu pit stop, perdendo muito tempo parado. Essa diferença deu tranqüilidade para Schumacher conquistar sua oitava vitória do ano em nove corridas. Barrichello chegou a pressionar a liderança de Schumacher após a segunda parada nos boxes, mas o ataque durou poucas voltas e não surtiu efeito.

O colombiano Juan Pablo Montoya, que havia abandonado sua Williams na pista momentos antes da largada e corrido para pegar o carro reserva, acabou desclassificado pela troca irregular quando ocupava a terceira colocação.

O japonês Takuma Sato fez uma excelente corrida com a BAR, conseguindo várias ultrapassagens e terminando a prova na terceira colocação, subindo ao pódio pela primeira vez na carreira.

Apenas oito carros terminaram a prova. O brasileiro Cristiano da Matta abandonou ainda no início, com problemas no câmbio de sua Toyota.

Schumacher lidera o Mundial com 80 pontos, seguido de Barrichello com 62. No Mundial de Construtores, a soberana Ferrari já soma 142 pontos. A Renault está em segundo com 66. A próxima etapa será disputada no dia 4 de julho, na França.


Ajude-nos a seguir com nosso trabalho de 20 anos. Você pode doar qualquer valor de forma pontual ou recorrente. Veja as opções a seguir:

Doar