DATABASE
PT         +

Notícias

06/06/2004 11:27
Valentino Rossi vence corrida espetacular na Itália – Barros fica em 6º
Da Redação
O italiano Valentino Rossi venceu neste domingo o GP da Itália de MotoGP, uma das mais disputadas corridas dos últimos tempos na principal categoria do Campeonato Mundial de MotoVelocidade.

A chuva que caiu no circuito de Mugello no final dividiu a corrida em duas partes. Na primeira, Rossi pulou na ponta com a Yamaha após a largada, seguido por seus compatriotas Max Biaggi (Honda) e Loris Capirossi (Ducati). O espanhol Sete Gibernau, que largou na pole position, caiu para sétimo. O brasileiro Alexandre Barros (Honda), que ocupava a quarta colocação no grid, também não largou bem e caiu para 11º.

A disputa foi uma constante durante toda a prova. O japonês Makoto Tamada acelerou forte sua Honda e foi escalando a classificação da prova até duelar com Rossi pela liderança da prova. Os dois se alternavam na ponta várias vezes por volta, com Biaggi e Gibernau, que se recuperou rapidamente, se intrometendo na briga dos dois constantemente. O norte-americano Nicky Hayden vinha em quinto, um pouco mais atrás, mas acabou caindo e abandonando. Barros também conseguiu uma boa recupareção e assumiu a quinta colocação, perto do quarteto na ponta. Faltando 10 voltas para o final, Tamada abandonou a briga pela liderança e a corrida com problemas mecânicos em sua Honda. O duelo pela liderança se resumiu então a Rossi e Gibernau, com Biaggi em terceiro e Barros em quarto.

Rossi e Gibernau se alternavam na liderança a seis voltas do final quando começou uma leve chuva e a prova foi interrompida. A chuva não foi muito forte e após um intervalo de meia hora, os pilotos retornaram para a pista com pneus lisos, apesar de relargada ter sido declarada com pista molhada. Rossi alinhou em primeiro, com Gibernau em segundo, Biaggi em terceiro e Barros em quarto.

Imediatamente após a relargada, a chuva voltou com mais força e a corrida virou uma loteria. Vários pilotos se revezavam na liderança a cada freada. Barros ultrapassou quatro pilotos de uma vez e assumiu a liderança por alguns momentos, até ser novamente ultrapassado por vários pilotos. A três voltas do final, Rossi pulou na ponta e conseguiu abrir uma pequena mas confortável vantagem.

Rossi acabou conseguindo sua segunda vitória do ano com a Yamaha diante de uma torcida italiana enlouquecida. Gibernau terminou em segundo com Biaggi em terceiro. O australiano Troy Bayliss e o espanhol Ruben Xaus colocaram a Ducati na quarta e na quinta colocações. Barros terminou em sexto.

Gibernau manteve a liderança do campeonato com 86 pontos. Rossi subiu para segundo com 76, deixando Biaggi em terceiro com 72. Barros é o quarto com 48. A próxima etapa será disputada no dia 13 de junho, na Catalunha.